Cibersegurança: como aumentar a proteção dos dados?

ciberseguranca-Innovatium

Nos últimos anos, temos experimentado uma crescente onda de ataques e vazamentos de dados pessoais, colocando em evidência a necessidade de adotar medidas de cibersegurança eficientes. 

A preocupação com esse tipo de crime foi impulsionada, também, pela entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). A norma estabelece diretrizes para proteger vazamento de informações de todos os brasileiros, dando um respaldo legal na coleta e tratamento de qualquer dado fornecido pelas pessoas, seja como cliente, colaborador ou cidadão. 

Quer saber mais sobre o assunto e como evitar manchas na reputação do seu negócio? Continue a leitura deste artigo e entenda como garantir a proteção dos dados pessoais.

 

Cibersegurança como estratégia

De acordo com a pesquisa State of Cybersecurity 2021 Part II, cinco tipos de ataques cibernéticos se destacaram em 2021: engenharia social (14%), ameaças persistentes avançadas (10%), ransomware (9%), sistemas sem patch (8%) e DDoS (8%).

Não à toa, empresas de todos os setores, incluindo organizações governamentais, passaram a investir em programas e práticas para combater esse tipo de crime e violação. 

Se por um lado a cibersegurança passou a ser encarada como estratégia de negócio, uma vez que visa minimizar as vulnerabilidades e evitar os prejuízos causados pelos ciberataques, por outro, ela deve ser aplicada da forma correta para que seja, de fato, eficiente. E isso inclui a adoção de softwares e soluções inovadoras, além do engajamento das equipes de TI e de outras áreas. 

LEIA MAIS: Como escolher a melhor solução digital para a sua empresa

Aliás, um dos primeiros passos para garantir a cibersegurança é a criação de uma política de segurança da informação. A norma deve definir diretrizes para a conscientização das equipes, bem como o engajamento e adoção de boas práticas.

 

Também, é essencial contar com sistemas e softwares inteligentes, que ajudem a reduzir os ciberataques e vazamentos de dados. É importante que essas plataformas conversem entre si, de modo que não existam brechas para vulnerabilidades e ameaças. 

Neste ponto, uma dica: contar com uma consultoria de TI pode ser essencial. O nível de profissionalização desse tipo de empresa permite um diagnóstico de ações para otimização do ambiente muito mais eficiente, além da análise de infraestrutura e aplicativos. Com isso, é possível garantir sempre a utilização de tecnologias mais modernas e seguras.

A empresa ainda deve atuar sempre para ampliar os conhecimentos sobre as ameaças digitais, isto é, por meio de treinamentos e boletins informativos, por exemplo, que abordam temas como conscientização das práticas, identificação de ameaças e situações que devem ser reportadas à equipe de segurança da informação.

É inegável que a adoção de medidas de cibersegurança é uma tendência global e que deve ser cada vez mais estimulada. Muito mais do que preservar o direito à privacidade, a adoção desses mecanismos possibilita um crescimento muito mais sustentável para as empresas, uma vez que eleva a reputação e a transparência da gestão.

 

Sobre a Innovatium

Somos uma empresa de tecnologia genuinamente brasileira, com um time qualificado, multidisciplinar e ágil. Oferecemos soluções eficazes para integração de sistemas, outsourcing, interoperabilidade estratégica, desenvolvimento de aplicações, sustentação e serviços de consultoria em tecnologia da informação.

São mais de 1.500 projetos entregues e mais de 100 clientes no Brasil e na América Latina, nos mais variados segmentos: saúde, varejo, indústria, serviços, entre outros.

Quer conhecer melhor nossas soluções? Clique aqui e entre em contato com nosso time.

Compartilhe essa postagem com seus amigos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

innovatium – todos os direitos reservados